Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
4/07/24 às 14h49 - Atualizado em 4/07/24 às 19h06

Sedet participa da Caravana da Sudeco 2024, o evento para pequenos e micro empreendedores

 

Ontem (3/7) , teve início a Caravana da Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste), edição Distrito Federal, onde serão ofertadas várias linhas de crédito aos pequenos e microempresários, sendo uma grande oportunidade para os empreendedores locais terem acesso a essas linhas de crédito para alavancar seus negócios.

 

 

O governo federal, através do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste), proporciona benefícios aos empreendedores, como taxas de juros mais baixas que as do mercado, prazos de pagamento mais longos e maior carência. 

 

São dois dias de evento (3/7 a 4/7), com várias palestras explicando como montar um negócio e adquirir uma linha de crédito. O secretário adjunto da Secretaria de Deenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Ivan Alves, destacou a importância dessas linhas de crédito para o avanço e desenvolvimento da economia de uma cidade.

 

Ivan mencionou que a Secretaria está trabalhando para aumentar o percentual do FCO para Brasília, pois a verba que vem do governo federal é repartida com as cidades que compõem a RIDE (Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno), reduzindo bastante a faixa de crédito para o DF, a Sedet tem um programa complementar voltado a atender os pequenos e microempreendedores, o Prospera DF, que possui diversas modalidades de crédito para pequenos e micro empreendedores e para quem está começando o próprio negócio.

 

A superintendente da SUDECO, Luciana Barros, falou sobre o propósito da Caravana da Sudeco: “Temos que melhorar as desigualdades que existem no Centro-Oeste. Aqui em Brasília, muitas regiões administrativas vivem uma realidade diferente, com bastante desigualdade social, o governo federal vem com esse instrumento que é o FCO para mudar a vida das pessoas, dando oportunidades para saírem da informalidade, obtendo um crédito diferenciado, podendo ampliar seus negócios, comprar um maquinário.” A proposta da Caravana é sair dos grandes centros e ir para o interior, gerando oportunidades para mudar a realidade das pessoas e das cidades.

 

Luciana Barros também reconheceu alguns dos trabalhos feitos por artesãs, acompanhada pela diretora da Cadeia Produtiva e Economia Solidária da SEDET, Sandra Madeira.

 

Onde obter financiamento pelo FCO:

 

Os interessados em obter financiamento com recursos do Fundo devem procurar o Banco do Brasil S/A ou uma das Instituições Credenciadas:

 

Banco Cooperativo do Brasil S.A – BANCOOB;

Banco de Brasília S.A – BRB;

Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE;

Cooperativa de Crédito Rural – CREDICOAMO;

Cooperativa Central de Crédito Rural com Interação Solidária – CENTRAL CRESOL SICOPER;

Agência de Fomento de Goiás S.A – GOIÁSFOMENTO;

Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso S.A – MT FOMENTO; e

Banco Cooperativo SICREDI S.A.

UNICRED-MT (Cooperativa de Crédito dos Médicos, Profissionais da Saúde e Empresários de Mato Grosso).

A SEDET (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda) está participando da Caravana com a Cadeia Produtiva e Economia Solidária, junto com várias instituições, sindicatos (que representam os artesãos) e produtores rurais.

Governo do Distrito Federal