Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
18/08/23 às 15h12 - Atualizado em 18/08/23 às 15h19

Empreendedores do Sol Nascente/Pôr do Sol crescem junto com a região

 

‌Não são nem 11h e o cheirinho de comida caseira toma conta do comércio. Arroz, feijão tropeiro, macarrão e carne de sol. O aroma que sai do restaurante de Charlene Batista, 41 anos, é de dar água na boca. Dentro da loja, a empresária comanda seus quatro funcionários com a felicidade de quem trabalha com o que gosta há três anos.

 

A poucos metros dali, o dia também começa cedo para Anderson Pereira, de 45 anos. A sua empresa fornece internet para imóveis residenciais e comerciais. Com seis funcionários na folha de pagamento e três veículos nas ruas, o empresário se orgulha de estar no ramo há mais de 10 anos, oferecendo a tecnologia de fibra óptica e cabeamento aéreo.

Pode não parecer, mas Charlene e Anderson têm muito em comum. Os dois escolheram o Sol Nascente para abrir suas empresas por acreditarem que uma região administrativa em franco desenvolvimento oferece mais oportunidade para empreendedores. “Investindo nas cidades novas, porque temos a chance de crescer junto com elas”, ensina Charlene.

 

Vídeo Reportagem

https://youtu.be/x-oCmrQSCSo

 

Em 2016, quando começou a vender frango assado na calçada em frente a um supermercado do Sol Nascente, a empresária não imaginava que seria dona de um restaurante. “O pessoal gostava da minha comida e, em 2020, surgiu a possibilidade de alugar uma loja na região”, recorda Charlene. “Estou há três anos no mesmo ponto, cada dia mais investindo em melhorias para meus clientes”.

 

A provedora de internet de Anderson também cresceu nos últimos anos. Hoje, boa parte dos imóveis do Trecho 3 do Sol Nascente são atendidos pelo empresário. “A nossa cidade nasceu de forma desorganizada, sem infraestrutura. As grandes empresas nem queriam se instalar aqui. Mas essa situação tem mudado bastante”, comenta. “É importante que a população valorize o comércio local, invista em quem movimenta a economia na região”.

 

Ajuda financeira

 

 

As semelhanças entre Charlene e Anderson não se limitam à cidade escolhida para empreender e morar. Os dois empresários contaram com a ajuda do Prospera em seus negócios. O programa do Governo do Distrito Federal (GDF) oferece microcrédito para atender pessoas físicas e jurídicas, nas áreas urbanas e rurais, que possuam atividades produtivas de pequeno porte.

 

“É uma grande ajuda para o microempreendedor. Já peguei quatro cartas de crédito – com a última, troquei todo o mobiliário do meu restaurante”, conta Charlene. Para Anderson, o Prospera oferece a oportunidade de pegar empréstimos a juros bem baixos, muito mais atraentes do que aqueles oferecidos pelos bancos. “O programa nos ajudou muito a crescer”, garante.

 

Dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet) mostram que, de janeiro a abril de 2022, o Prospera fechou 90 contratos, com a liberação de R$ 1,28 milhão para todo o Distrito Federal. No mesmo período de 2023, os recursos praticamente dobraram, chegando a R$ 2,48 milhões. Foram 112 contratos assinados – o Sol Nascente/Pôr do Sol teve cinco contemplados, recebendo o total de R$ 82 mil.

 

 

“Investir nas empresas locais é importante para o desenvolvimento da cidade. E a função do GDF é ir até a população que necessita de apoio com seus empreendimentos, para que a gente possa fomentá-los e, assim, criar emprego e renda”, observa o secretário adjunto de Sedet, Ivan Alves. “O Sol Nascente é uma região em ascensão, que tem uma abertura de mercado muito grande, além de várias vocações a serem descobertas”, completa.

Levantamento feito pelos agentes da Sedet aponta que as áreas mais fortes no Sol Nascente/Pôr do Sol são de alimentação e beleza. “Quem deseja empreender deve estar atento a essas vocações”, sugere Ivan. “O Prospera não só oferece a ajuda financeira como também dá orientações de como gerir o negócio, fazer um plano de negócio, um fluxo de caixa. Estamos aqui para ajudar”.

Os interessados em participar do programa podem procurar a unidade da Agência do Trabalhador mais próxima de sua casa. O site da Sedet também oferece informações mais detalhadas sobre o Prospera, como os critérios exigidos para pleitear os empréstimos.

 

Empreendedores do Sol Nascente/Pôr do Sol crescem junto com a região

Governo do Distrito Federal