Governo do Distrito Federal
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal
12/09/23 às 15h27 - Atualizado em 12/09/23 às 15h33

COFAP aprova R$ 62 milhões do FCO para a atividade produtiva do DF

 

 

Comitê aprova R$ 62.556.683 milhões do FCO para a atividade produtiva do DF

 

Empresários do DF foram os mais beneficiados com o Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste, (FCO).

 

Na reunião ordinária do Comitê de Financiamento à Atividade Produtiva (COFAP-DF), realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do Distrito Federal (SEDET) nesta terça-feira (12), foram aprovadas cartas-consulta para liberação de financiamento junto ao Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO). Um total de mais de R$ 62 milhões em investimentos foi autorizado, sendo que a maior parte serão destinados exclusivamente ao Distrito Federal. “O Conselho comemorou o feito histórico, que foi ter destinado a maior parte do recurso aos empresários do DF. Essa ação só foi possível após o empenho e mobilização de todos os envolvidos”, declarou o Secretário Adjunto da SEDET, Ivan Alves.

 

Diversas empresas receberão o financiamento, abrangendo áreas como transporte rodoviário, comércio varejista, atividade rural, agropecuária, serviço de educação, equipamentos da construção civil, equipamentos agrícolas, entre outros. Esses investimentos têm o potencial de gerar mais de 2 mil empregos diretos e indiretos na região.

 

A Empresária Sirleny Barcellos conseguiu financiamento para a ampliação da sua loja de móveis, localizado na cidade de Vicente Pires, além da aquisição de caminhão para o transporte. “A empresa surgiu há 4 anos, a partir de um empréstimo de 3 mil reais, que foi utilizado na compra de uma máquina para higienização de sofás.  O primeiro ano da empresa nós temos um faturamento de 600 mil reais. Com o crescimento da empresa essa atividade econômica, foi deixada de lado e com a vendas dos móveis, alcançamos o faturamento de 4 milhões no mês de agosto. Diante desse crescimento nós decidimos alavancar ainda mais os negócios com recursos de terceiros. ” Explicou Barcellos.

 

O Secretário Adjunto de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Ivan Alves dos Santos, destacou a importância da concessão das cartas-consulta para o fomento econômico do Centro-Oeste, especialmente no caso do Distrito Federal, que foi o maior beneficiado. Ele ressaltou a relevância do impulso ao desenvolvimento econômico, criação de empregos e distribuição de renda nesse momento de retomada da economia brasileira e do DF.

 

 

As cartas-consulta são a forma das empresas apresentarem seus projetos e solicitarem financiamento do FCO para desenvolver suas atividades produtivas. Elas funcionam como uma carta de intenções, demonstrando a viabilidade financeira e econômica dos projetos. O COFAP-DF analisa as propostas de financiamento e direciona os recursos para projetos que possam gerar emprego e renda para a população.

 

Com representantes do governo, instituições financeiras e setor produtivo, o Cofap-DF define as diretrizes do fundo e avalia as propostas de investimento. A aprovação das cartas-consulta possibilita a realização de investimentos e contribui para o desenvolvimento regional.

 

A expectativa é que, com a aprovação dessas cartas-consulta, as empresas invistam em suas atividades produtivas, impulsionando o desenvolvimento econômico de Brasília e região, com isso, impulsionando e trazendo benefícios para a população local.

 

 

 

Roni Martins
ASCOM/SEDET

 

Governo do Distrito Federal